Dinâmica:CONFIANÇA

Objetivos:
Dinâmica com o objetivo de ver se o grupo todo confia nos seus integrantes.

Como Fazer:
1 – Cada dois ou três reunem-se e um dos três deve estar com os olhos vendados.
2 – Os outros dois vão guiá-lo por um circuito criado pelo grupo onde devem haver “obstáculos”.
3 – Os que estão com os olhos vendados devem confiar cegamente nos que estão os guiando.
4 – Depois mudam-se os trios ou duplas, muda-se um pouco o circuito, e repete-se o exercício com aqueles que não tiveram seus olhos vendados ainda.
5 – Depois, em uma conversa aberta, vê-se quem foram as pessoas que confiaram, ou não, em suas duplas!

Dinâmica: A TROCA DE UM SEGREDO

Objetivos:
Fortalecer o espírito de amizade entre os membros do grupo.

Material:
Lápis e papel para os integrantes.

Como Fazer:
1. O coordenador distribui um pedaço de papel e um lápis para cada integrante que deverá escrever algum problema, angústia ou dificuldade por que está passando e não consegue expressar oralmente.
2. Deve-se recomendar que os papéis não sejam identificados a não ser que o integrante assim desejar.
3. Os papéis devem ser dobrados de modo semelhante e colocados em um recipiente no centro do grupo.
4. O coordenador distribui os papéis aleatoriamente entre os integrantes.
5. Neste ponto, cada integrante deve analisar o problema recebido como se fosse seu e procurar definir qual seria a sua solução para o mesmo.
6. Após certo intervalo de tempo, definido pelo coordenador, cada integrante deve explicar para o grupo em primeira pessoa o problema recebido e solução que seria utilizada para o mesmo.
7. Esta etapa deve ser realizada com bastante seriedade não sendo admitidos quaisquer comentários ou perguntas.
8. Em seguida é aberto o debate com relação aos problemas colocados e as soluções apresentadas.

Possíveis questionamentos:
1. Como você se sentiu ao descrever o problema?
2. Como se sentiu ao explicar o problema de um outro?
3. Como se sentiu quando o seu problema foi relatado por outro?
4. No seu entender, o outro compreendeu seu problema?
5. Conseguiu pôr-se na sua situação?
6. Você sentiu que compreendeu o problema da outra pessoa?
7. Como você se sentiu em relação aos outros membros do grupo?
8. Mudaram seus sentimentos em relação aos outros, como conseqüência da dinâmica?

Dinâmica:AVALIANDO UM ENCONTRO

Objetivos:
Avaliar a partir de um questionário básico a qualidade dos encontros ou reuniões para assim estar determinando os caminhos a serem seguidos.

Material:
Questionário e caneta para cada um.

Como Fazer:
1. Destaca-se a importância de avaliar todas as atividades para que os erros sejam corrigidos e distribuindo o questionário e dando 15 minutos para ser respondido de maneira mais clara possível.

Questionário:
a) No geral, o que você achou desse encontro: ruim, médio, aceitável, bom, excelente.
b) Quais foram seus pontos fracos
c) O que mais agradou
d) O que foi mais negativo
e) Agora você compreende melhor os outros: muito, bastante, pouco, nada.
f) Quais fatores do ambiente facilitaram ou dificultaram o encontro.
g) Os objetivos do encontro e de cada item de pauta foram enunciados claramente.
h) O grupo conseguiu chegar às decisões que precisavam ser tomadas.
i) Estas decisões surgiram da compreensão mútua e do consenso
j) As pessoas ficaram atadas às suas idéias ou cederam em pontos para que o grupo progredisse.
k) Os temas foram suficientemente discutidos.

Dinâmica: A TEIA DA AMIZADE

Material:
Um rolo (novelo) de fio ou lã.

Como Fazer:
1. Dispor os participantes em círculo.
2. O coordenador toma nas mãos um novelo (rolo, bola) de cordão ou lã.
3. Em seguida prende a ponta do mesmo em um dos dedos de sua mão.
4. Pedir para as pessoas prestarem atenção na apresentação que ele fará de si mesmo. Assim, logo após se apresentar brevemente, dizendo que é, de onde vem, o que faz etc, joga o novelo para uma das pessoas à sua frente.
5. Esta pessoa apanha o novelo e, após enrolar a linha em um dos dedos, irá repetir o que lembra sobre a pessoa que terminou de se apresentar e que lhe atirou o novelo.
6. Após fazê-lo, essa segunda pessoa irá se apresentar, dizendo quem é, de onde vem, o que faz etc…
7. Assim se dará sucessivamente, até que todos do grupo digam seus dados pessoais e se conheçam.
8. Como cada um atirou o novelo adiante, no final haverá no interior do círculo uma verdadeira teia de fios que os une uns aos outros.

Comentários:
Pedir para as pessoas dizerem:

- O que observaram;

- O que sentem;

- O que significa a teia;

- O que aconteceria se um deles soltasse seu fio etc.

Mensagem:
Todos somos importantes na imensa teia que é a vida; ninguém pode ocupar o seu lugar.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.