Reflexão: O Pelicano tristonho


Certo pelicano tinha dificuldades em pescar com seus companheiros. Enquanto todos deslizavam sobre as águas, mergulhavam e logo apanham algum peixe no papo, o pobre pelicano de que falo não voava tão bonito – assim considerava ele – porque tinha um defeito numa das asas.

Quando todos os amigos já haviam comido e cochilavam ao sol, só aí ele saía para pescar. Logo voltava ao seu lugar, baixava a cabeça, fechava o bico e escondia o papo.

– Muito solitário, esse pelicano! dizia uma gaivota.

– Sim, sempre está de bico baixado, quase não voa ou delisa na água … respondia a amiga.

– Deve ser aquela asa dele…

– Que asa?

– A direta. Tem um pedaço que não é branca, não reparou?

– Não. Ou melhor, sim, vejo agora, mas até que é bonito esse negro na asa! Fica tão diferente dos outros pelicanos! hum…que lindo! Veja como tem toques azulados!

Com tantos arrulhos ininteligíveis ao lado, o pelicano de asa manchada abriu-se ao sol para voar e trocar de pedra. O negro da asa direita brilhou ao sol e as gaivotas olharam embevecidas.

O pelicano só queria sair dali e, tímido, voou rápido para outro lugar, muito envergonhado. Voltou a curvar-se sobre si mesmo.

Anúncios

2 Responses to Reflexão: O Pelicano tristonho

  1. Panda says:

    excelente a história do pelicano. Sera que posso da continuidade a história uma vez que encontraram lindas coisas em sua asa.

  2. Panda says:

    Excelente a história do pelicano. Mas com tantas qualidades encontradas em sua asa diferente, será que posso dá outra continuidade na história?…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: