Dinâmica: MEUS SENTIMENTOS

Objetivo:
Apresentação e entrosamento

Material:
Papel, lápis de cor.

Desenvolvimento:
Cada um deve retratar num desenho os sentimentos, as perspectivas que têm.
Dar um tempo para este trabalho individual que deve ser feito em silêncio, sem nenhuma comunicação.

Num segundo momento as pessoas se reúnem em subgrupos e se apresentam dizendo o nome, de onde vem, mostrando o seu desenho explicado-o.

O grupo escolhe um dos desenhos para ser o seu símbolo apresentando-o e justificando.

Pode-se também fazer um grupão onde cada um apresenta mostrando e comentando o seu desenho.

Palavra de Deus:
Fl. 1,3-11 SL 6.

Dinâmicas:CARTA A SI PRÓPRIO

Objetivo:
Levantamento de expectativas individuais, compromisso consigo próprio, percepção de si, auto-conhecimento, sensibilização, reflexão, auto-motivação, absorção teórica.

Material:
Envelope, papel e caneta.

Como Fazer:
1) Individualmente, cada integrante escreve uma carta a si próprio, como se estivesse escrevendo a seu(sua) melhor amigo(a).
2) Dentre os assuntos, abordar: como se sente no momento, o que espera do grupo, como espera estar pessoal e profissionalmente daqui a 30 dias.
3) Destinar o envelope a si próprio (nome e endereço completo para remessa).
4) O facilitador recolhe os envelopes endereçados, cola-os perante o grupo e, após 45 dias aproximadamente, remete ao integrante (via correio).

Dinâmica:COMUNICAÇÃO GESTICULADA

Objetivos:
Analisar o processo de comunicação gestual entre os integrantes do grupo.

Material:
Aproximadamente vinte fichas com fotografias ou desenhos para serem representados através de mímicas.

Como Fazer:
1. O coordenador auxiliado por outros integrantes deve encenar através de mímicas (sem qualquer som) o que está representado nas fichas, cada qual em um intervalo de aproximadamente um minuto.
2. Os demais integrantes devem procurar adivinhar o que foi representado.

Refletir:
Deve-se comentar a importância da comunicação nos trabalhos e atividades do cotidiano, bem como do entrosamento dos integrantes do grupo para que juntos possam até mesmo sem se comunicar entender o que os outros pensam ou desejam fazer.

Dinâmica:CONFIANÇA

Objetivos:
Dinâmica com o objetivo de ver se o grupo todo confia nos seus integrantes.

Como Fazer:
1 – Cada dois ou três reunem-se e um dos três deve estar com os olhos vendados.
2 – Os outros dois vão guiá-lo por um circuito criado pelo grupo onde devem haver “obstáculos”.
3 – Os que estão com os olhos vendados devem confiar cegamente nos que estão os guiando.
4 – Depois mudam-se os trios ou duplas, muda-se um pouco o circuito, e repete-se o exercício com aqueles que não tiveram seus olhos vendados ainda.
5 – Depois, em uma conversa aberta, vê-se quem foram as pessoas que confiaram, ou não, em suas duplas!